+351 289 393 666 info

Algarve terá segurança reforçada no Verão

O Algarve vai ter segurança reforçada no verão. A GNR vai receber um reforço de 214 efetivos em permanência, a PSP 294 e o SEF 11. Os números foram avançados ontem pela ministra da Administração Interna Anabela Rodrigues, que esteve em Faro, a apresentar o dispositivo para a época estival na região.

Terça, 23 Junho 2015 - Algarve

O Algarve vai ter segurança reforçada no verão. A GNR vai receber um reforço de 214 efetivos em permanência, a PSP 294 e o SEF 11. Os números foram avançados ontem pela ministra da Administração Interna Anabela Rodrigues, que esteve em Faro, a apresentar o dispositivo para a época estival na região.

Para além do dispositivo permanente, haverá reforço extraordinário para os grandes eventos a realizar na região como, por exemplo, a Concentração Motard de Faro. Neste regime de apoio não permanente haverá 386 militares.

Em relação à PSP, está previsto também um reforço de 18 equipas da subunidade nacional do Corpo de Intervenção (CI), entre 13 de julho e 15 de setembro.

Os municípios que vão receber maior número de efetivos são os de Albufeira, Silves e Loulé, uma vez que estes são aqueles que apresentaram, no ano passado, um índice de criminalidade mais elevado.

Para a ministra, o objetivo deste dispositivo, é o de «garantir a quem visita o Algarve um verão com comodidade e tranquilidade Apesar dos resultados já alcançados, não estamos distraídos para melhorar o que até aqui foi feito e vamos continuar a trabalhar para a segurança do país e de quem o visita».

Para Anabela Rodrigues, «a realidade com que nos confrontamos no Algarve é exigente, pelo impacto que a sazonalidade tem», mas a governante acredita que com o número de efetivos que vão chegar para as forças de segurança da região «estamos em condições de responder às exigências de turistas nesta altura».

Já Desidério Silva, presidente da RTA, realçou a importância de ter um dispositivo reforçado no verão, no Algarve, uma vez que «a segurança é um fator diferenciador na escolha de um destino. Pelo que foi aqui apresentado, é um reforço que vêm no enquadramento do ano passado e no ano passado correu bem, em termos de segurança, e o Algarve continua a ser um destino seguro, de excelência».